DIREITA DERROTADA NO CONSELHO: PARIDADE GARANTIDA

Na última sessão do Conselho Universitário (CUn),no dia 17 de março, foram aprovados vários parâmetros para as eleições de 2015 da Reitoria da UFSC, entre eles o mais importante é o princípio da paridade.

 17_03_2015_Cun

Enquanto alguns professores conservadores defendiam seu privilégio de 70% no peso dos votos, embasados por argumentos elitistas e de uma arrogância intelectual imensa, menosprezando estudantes e TAEs, as outras duas categorias (estudantes e TAES) defendiam a manutenção do voto paritário para a escolha da Reitoria.

Na verdade, o que defendem são os privilégios sociais e políticos de grupos econômicos privados que se beneficiam da estrutura pública da universidade há décadas. E para isso, querem distanciar estudantes e técnicos administrativos da tomada de decisões dentro da universidade.

Ao final, a discussão ficou dividida em torno de três propostas:

1) Parecer original – regulação do CUn de uma Consulta Informal organizada pelas entidades, com paridade na proporção do peso dos votos das três categorias;

2) Não regulação do CUn e arquivamentos das propostas, deixando a responsabilidade inteira com as entidades (onde a direita teria hegemonia para aprovar o 70/30);

3) Consulta formal com proporção de 70/30.

A divisão dos conservadores em duas propostas beneficiou os setores progressistas do Conselho. Por fim, as duas primeiras propostas foram confrontadas, resultando na vitória da democracia universitária pelo voto paritário, com 28 votos à favor do parecer original contra 15 que defenderam a volta da proporção 70/30.

No entanto, o movimento universitário como um todo ficou à reboque da situação, não conseguindo se antecipar adequadamente ao momento. Tal vitória caiu quase que exclusivamente na responsabilidade conselheiros progressistas e democratas moderados do CUn.

Nesse contexto, alguns movimentos e entidades elaboraram uma carta expressando sua posição, reiterando sua defesa da paridade nesse momento, mas lembrandoque o fundamental é avançarmos em direção ao voto universal.

Movimento Por Uma Universidade Popular De Santa Catarina – MUP-Sc

Centro Acadêmico Livre De Serviço Social – Caliss

Centro Acadêmico Livre De Antropologia – Calant

Centro Acadêmico Livre De História – Calh

Centro Acadêmico Livre De Jornalismo – Calj

Centro Acadêmico Livre De Geografia – Caligeo

Centro Acadêmico De Nutrição – Can

Centro Acadêmico Livre De Engenharia De Produção – Calipro

Centro Acadêmico Livre De Arquitetura – Cala

Centro Acadêmico Livre De Letras – Call

Centro Acadêmico De Filosofia – Cafil

Executiva Nacional De Estudantes De Serviço Social – ENESSO

Executiva Nacional De Estudantes De Nutriçãom-             ENEN

Comitê Estudantil Em Defesa Do Hu 100% Público

Coletivo Pra Fazer Diferente

Nossa intervenção foi singela e limitada, mas era importante que entidades e movimentos externalizassem sua posição, para que a discussão não fosse restrita ao Conselho Universitário. Fizemos a leitura na reunião e entregamos a carta à Reitora e nos retiramos.

Nós do MUP acreditamos que é necessário avançar no debate sobre a democracia universitária, pois só o voto universal e uma ampla mobilização de massas, de professores avançados, TAEs e estudantes será capaz de derrubar estrutura cristalizada de poderes e privilégios na UFSC. Só assim poderemos ter paridade na composição dos órgãos deliberativos e universalidade nas eleições. Infelizmente a falta de organização do movimento universitário como um todo deixou passar uma boa oportunidade de ampliar essa discussão. Mas é importante não confundir “um começo magro, com um ponto zero”. A manutenção da paridade é apenas uma batalha ganha de muitas que virão!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s